Ametropia (Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo)
Oftalmologia /Patologias

Miopia
É um dos mais frequentes erros de refração que afeta a visão a distância. Essa patologia ocorre porque a imagem visual não é focada diretamente na retina, mas à frente da mesma.

Causas
O problema pode ter origem porque o globo ocular é mais alongado ou o cristalino tem uma distância focal curta.

Sintomas
Visão embaçada a distância, dificuldade para identificar objetos afastados, assistir a filmes, dirigir automóveis, entre outros. A capacidade visual parece melhorar fechando um pouco os olhos, mas a miopia não corrigida devidamente pode provocar dores de cabeça, lacrimejamento ou tensão ocular.

Tratamentos
Pode ser corrigida com o uso de óculos (lentes divergentes), lentes de contato ou cirurgia.

Exames
Teste de acuidade visual e tonometria. O teste de acuidade visual mede como a pessoa consegue ver em várias distâncias. Na tonometria, um instrumento mede a pressão dentro do olho.

Cirurgias
A cirurgia refrativa é a intervenção dos olhos mais conhecida. É um procedimento considerado simples, que dispensa a necessidade de internação. Remodela suavemente a superfície da córnea, modificando sua curvatura para corrigir os erros como a Miopia, a Hipermetropia, o Astigmatismo e a Presbiopia.

 

Hipermetropia
É um erro de refração que faz com que a imagem seja focada atrás da retina. Dessa forma, a capacidade refratária é alterada em relação aos olhos com visão normal. A hipermetropia causa dificuldade para enxergar objetos próximos e principalmente para leitura de textos. Enquanto jovem, o paciente com hipermetropia tem boa visão de longe, pois se seu grau não for muito elevado é naturalmente corrigido pelo aumento do poder do cristalino, em um processo chamado de acomodação. Porém, com a idade esta capacidade diminui e o hipermetrope passará a ter dificuldade na visão de perto e posteriormente de longe.

Causas
Ocorre quando o globo ocular possui menor comprimento ou devido a córnea ou cristalino possuírem uma menor curvatura.

Sintomas
Visão embaçada mais para perto, queixas de dores de cabeça ou cansaço ocular, sensação de peso ao redor dos olhos, ardor, vermelhidão conjuntival e lacrimejamento ocular.

Tratamentos
Pode ser corrigida com o uso de óculos (lentes convergentes), lentes de contato ou cirurgia.

Exames
Teste de acuidade visual e tonometria. O teste de acuidade visual mede como a pessoa consegue ver em várias distâncias. Na tonometria, um instrumento mede a pressão dentro do olho.

Cirurgias
Cirurgia refrativa. É um procedimento considerado simples, que dispensa a necessidade de internação. Remodela suavemente a superfície da córnea, modificando sua curvatura para corrigir os erros como a Miopia, a Hipermetropia, o Astigmatismo e a Presbiopia.

 

Astigmatismo
É uma doença ocular causada por irregularidade da córnea e o seu efeito é a distorção de imagem, pois os raios de luz não chegam ao mesmo ponto na retina.

Causas
Decorre da diferença de curvatura nos meridianos principais da córnea ou cristalino que resultam em diferentes profundidades de foco e distorcem a visão tanto de longe quanto perto.

Sintomas
A imagem fica borrada e algumas queixas são frequentes, tais como dor de cabeça, sensação de ardor e hiperemia conjuntival (olho vermelho).

Tratamentos
Pode ser corrigida com o uso de óculos (lentes cilíndricas), lentes de contato ou cirurgia.

Exames
Teste de acuidade visual e tonometria. O teste de acuidade visual mede como a pessoa consegue ver em várias distâncias. Na tonometria, um instrumento mede a pressão dentro do olho.

Cirurgias
Cirurgia refrativa. É um procedimento considerado simples, que dispensa a necessidade de internação. Remodela suavemente a superfície da córnea, modificando sua curvatura para corrigir os erros como a Miopia, a Hipermetropia, o Astigmatismo e a Presbiopia.

[Saiba +] Cirurgia Refrativa a Laser (Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo)