Logotipo loading CEMA Hospital

Entenda a relação entre os distúrbios de ATM e alimentação

Especialista do Hospital CEMA explica por que alguns alimentos podem provocar dores na articulação temporomandibular e como deve ser a dieta de quem quer ficar longe de problemas nessa região


Imagem retirada do banco de imagens

Certamente ao comer você não presta muita atenção no exercício intenso que seu organismo precisa fazer durante a alimentação. E tudo começa no ato de mastigação. É ali que fica uma das articulações mais complexas do corpo humano: a ATM. A Articulação Temporomandibular é o encaixe da mandíbula com o resto dos ossos do crânio. É ela a responsável pelo movimento de abrir e fechar a boca. Intimamente relacionada ao ato de comer e de falar, ela pode inflamar e doer muito. Só quem sofreu com distúrbios na região pode mensurar a intensidade da dor nessa região. E as disfunções na área têm uma série de motivos, entre eles a alimentação.

“A alimentação pode ter relação com a dor nas ATMs e no sistema estomatognático (conjunto de estruturas bucais) devido ao tipo de comida, que pode alterar a estrutura da boca e ATM”, explica o bucomaxilo do Hospital CEMA, Érico Vlasic Campello. E todo o processo se inicia já na infância, quando o bebê começa a introdução alimentar. “É nesse período que a criança desenvolve boa parte da musculatura orofacial, fortalece os dentes, que estão em processo de crescimento, a mastigação e deglutição e o controle da respiração durante o ato de comer”, ressalta o especialista. Por isso, desde cedo, os pais devem investir em uma dieta diversificada com alimentos não processados, integrais, fibrosos (verduras, legumes e oleaginosas), pois além de manter a ATM funcionando perfeitamente, isso ajudará na manutenção da saúde, em geral, já que tais itens são ricos em nutrientes anti-inflamatórios.

Quando a ATM passa por alguma disfunção ocorre o quadro de Distúrbio Temporomandibular, que é um desarranjo dessas articulações. Isso pode ocorrer por fatores emocionais, traumas, tensão muscular aplicada à região, podendo, inclusive, levar ao bruxismo (hábito de ranger os dentes enquanto o indivíduo dorme). Quando isso ocorre, a pessoa pode sentir dores de cabeça na região da testa, fundo dos olhos e têmporas, dores nos ouvidos e zumbido, dificuldade para mastigar, tonturas e vertigens, desgaste dental excessivo e sensação de travamento da mandíbula. Geralmente o Distúrbio de ATM atinge adultos, especialmente mulheres.

No quesito alimentação, o bucomaxilo orienta que existem alguns itens que devem ser consumidos com muita moderação, pois podem favorecer o aparecimento de problemas na ATM e mesmo piorar dores já existentes. “Alimentos, no geral, podem ser tanto anti-inflamatórios como pró-inflamatórios. Aqueles que têm carga glicêmica elevada, como pão francês, arroz branco e alguns cereais tendem a piorar as respostas inflamatórias da ATM”, diz.

Dr. Érico Vlasic Campello, bucomaxilo do Hospital CEMA  
CRO: 77724

Data de Publicação : 03/05/2022